sábado, 25 de abril de 2009

25 de abril


É sempre importante recordar o 25 de Abril de 1974, data em que os "capitães de abril" derrubaram o regime fascista de 48 anos, em nome do povo e para o povo, o qual tem sido vilipendiado por uma cambada de filhos da puta que mais não fizeram do que enriquecer à sua custa.


16 comentários:

IN VERITAS disse...

Regime Fascista? O Estado Novo ? Para fascismo faltava ainda um bom bocado...Além que pouco mudou do Antes para o depois...EH!eH!

Comemorar a Liberdade sim!!! O 25 de Abril do Cravo e do Povo na rua sim...

O vinti e cinco de abril dos capitães de abril---nunca...só quem não conheça a estória dos puros contra os espúrios...

Para isso mais vale comemorar o 25 de Novembro de 1975 ..oude se viram quem eram os verdadeiros e honestos capitães de abril que ficaram com Jaime neves, ramalho eanes e mario soares, contra o Prec, o Copcom e tentativa de Cubanização de Portugal... para Já não falar nas FP25...

Dia da Liberdade ---SEMPRE !!!SE necessário conta esses autodemoninados "capitães de abril"...

Anónimo disse...

Uma das conquistas do 25 de Abril é aceitar que dislates como o do sr in veritas sejam publicados...

25 de Abril Sempre!

apedroribeiro disse...

o 25 de Novembro quase matou o 25 de Abril. Viva a revolução e os capitães! Por uma nova revolução, ocupação da Câmara da Póvoa, já!

Anónimo disse...

Muito bem dito, Tony.
Apoiado!

Viva o 25 de Abril!
25 de Abril SEMPRE!!!

Abraço

Anónimo disse...

apedro ribeiro muito confuso.

o 25 de Abril demonstra o atraso mental e os brandos costumes que temos. não foi revolução a sério. Aquilo mais parecia um flower power fora de época. Revolução é revolução. Povo que se preze, na hora da revolução, revoluciona, não se põe com paneleirices de cravos nas armas. Revoluçãozinha foi o que foi. Tombar com o que já quase não se segurava em pé.

Ocupar uma Câmara ou coisa do género é coisa que não está no espírito de quem fez aquilo.

Ocupar uma Câmara ou coisa do género... só para revolucionários a sério.

Não para abrilistas ou coisa do género.

apedroribeiro tem muita treta mas é um trengo.

Se ocupasse o tempo a tomar banho já era uma grande revolução lá em casa.

terramar e ar disse...

anónimo um..achas dislates o que eu digo? então porque tiveste medo de assinar o teu verdadeiro nome no comentário? sabes bem que abril é uma miragem...e uns quantos enfardam lautas memórias e reformas e pensões de nababo em nome de um Povo , que exploram com maior sanha do que aqueles que form derrubados em abril...

deixa-te de tretas e olha em teu redor...E vê se te não sentes defraudado... é que dos 3 Ds nenhum deles se efectivou...

terramar e ar disse...

TODA AREVOLUÇÂO É SANGRENTA... e também BURGUESA...

apedroribeiro disse...

caro anónimo,
que me faças críticas, tudo bem. Que me insultes não posso aceitar. Não sei o que é que o banho tem a ver com a revolução...

Anónimo disse...

É sempre importante recordar o 25 de Abril de 1974, data em que os "capitães de abril" derrubaram o regime fascista de 48 anos, em nome da liberdade e para a liberdade, o qual tem sido usada por alguns para insultar a mae dos outros... ah, sim, nao se preocupem, nao fui eu que fui insulatdo me também nao necessito de saber que anda a insultar quem. Mas que há alguem por aí que anda faze-lo e a dizer que nao o faz, isso eu nao tenho dúvidas... ou nao é assim?
Como dizia o outro: "Nao havia 'nexexidade'!"

Anónimo disse...

apedroribeiro: as minhas desculpas pelo insulto.

O facto de não apreciar alguns dos comentários que por aqui deixa, não desculpa a falta de nível que tive ao insulta-lo.

Mas voltando ao assunto, o 25 de Abril não resolveu nada. Contentamo-nos com pouco. Temos liberdade de fachada. Todos somos culpados pela falta de consciencia colectiva.
Quantos dos problemas politicos que temos não se resolveriam se o Povo assim quisesse...
Só vamos acordar quando estivermos nos limites da pobreza e em desespero ferirmos de sangue os culpados da desgraça na utilização dos bens e recursos públicos.

O 25 de Abril só serviu no dia.

Só seria realmente útil se o Povo o praticasse TODOS OS DIAS. FALTA CONSCIENCIA COLECTIVA para obrigar, não quem de direito, mas quem de obrigação, a cumprir com promessas e deveres.

Mais uma vez, desculpe a minha indelicadeza na forma como me dirigi a si. Foi um dia não, e debaixo de confortável anonimato, disparei indiscriminadamente para tentar irritar alguém com opinião diferente.

Foi um momento 'Pepe', mas na onda da agressão verbal.

Cumprimentos, e saúdo-o pela serenidade da resposta que me deu.

póvoa de varzim online disse...

Eh eh eh! Quais outros?

IN VERITAS disse...

Vivam as revoluções de sangrias eoutrs iguarias...

apedroribeiro disse...

desculpas aceites.

Anónimo disse...

Tenho lido, até de gente conceituada, palavras e até insultos contra a situacao relativamente à democracia e à liberdade em Portugal. Esquecem-se da história e de como era antes. Vamos recordar:
- A liberdade e a democracia é uma história de 2500 anos que nunca foi perfeita em lado nenhum que andou interrompida por muito tempo. Quando faltou, toda a gente a queria. Agora que a têm, até parece que a querem mandar embora!
- A Democracia, caso nao saibam, como qualquer sistema social, nunca foi e provavelmente nunca será um sitema perfeito. Digamos aqui, comecou logo com uma ilustre personagem da história a ter que se matar envenenada... é provavel que hoje ainda nao seja perfeita, mas pelo menos ninguem necessita de morrer por ela, bom, pelo menos em Portugal...
- Mas vamos mais perto, parece que as pessoas se esqueceram que antes do 25 de Abril nao podiam falar nem podiam andar na rua quando queriam ou como queriam, pelas boates e cafés, tinha a PIDE a entrar pela porta dentro sem pedir licenca, etc, etc.
- Se o 25 de Abril nao tivesse acontecido, o que seriamos hoje? Uns Zés Ninguens, sem saber ler nem esrever, 10 a 20 irmaos e outros tantos filhos, todos na miséria descalcos, com jornais censurados, quase sem telefones quanto mais telemoveis, sem centros comerciais nem coca-cola e se isto ainda nao vos chega, pergunto-vos o que estariam a fazer agora em vez de estar na Internet?... e mais, muito mais...

Acho que em primeiro lugar quem nao estava preparado para a liberdade sao muitas pessoas, que agora usam de todos os argumentos para se dizerem vítimas, com a ajuda da crítica fácil e do insulto e à espera à sombra que o bom tempo venha com a liberdade perfeita, sem terem que se chatearem, nao é assim? Oh meus amigos, o que é que vocês construiram (sim, CONSTRUIRAM, porque o que muitos têm andado a fazer é destruir!) hoje e ontem e o que é que vocês vao construir amanha para abrirem a boca e falarem do 25 de Abril, da Liberdade e da Democracia??? Digam daí, se forem capazes...

póvoa de varzim online disse...

Não vivi os tempos do fascismo, mas do que ouvi e li estou perfeitamente consciente de que eram tempos muito difíceis.
O que não posso admitir é que com 25 de Abril, e em resultado do mesmo, tenam aparecido tipos como Manuel Vaz, Campos Cunha, Macedo Vieira e Aires Pereira, só para mencionar alguns e a nível local.
Ok?

Anónimo disse...

Impediram o Otelo de lhes limpar o sebo no Campo Pequeno deu nisto.