segunda-feira, 20 de abril de 2009

mais brochuras anti-corrupção!

Por empurrão dos leitores a minha escrita na blogosfera resvalou para o enriquecimento ilícito pelos políticos locais.

De facto, lá atrás em 2005, tudo não passava de uma grande paródia sobre o estilo azeiteiro de Macedo, a forma pretensamente arguta de Aires e o reles convencimento de Diamantino de que a Póvoa de Varzim era uma cidade activa no aspecto cultural.

Não estou arrependido de ter publicado as informações transmitidas, mesmo não possuindo provas, pelo facto de os respectivos informadores possuírem estatuto privilegiado relativamente aos assuntos.

Um exemplo, amplamente abordado, foi o da conta bancária que o Macedo Vieira possuía em nome do filho Gustavo com mais de cem mil contos, cerca de 500 mil euros.

Como tive a informação na época como fidedigna, como a tenho agora, mais do que nunca, quando por todas as áreas da política e das finanças se noticiam casos de corrupção e de enriquecimento ilícito.

Finalmente, mas de forma algo medrosa, o Governo está disposto a criminalizar este tipo de comportamentos.

Sinceramente, estou convicto de que tudo vai ficar na mesma, não passando estas notícias de mero "show off", tal como quando o Governo há cerca de dois anos editou e distribuiu esta brochura.






6 comentários:

Mário de Sá Peliteiro disse...

A especialidade deste Governo é fingir que faz. Nestas matérias ainda mais, claro.

Anónimo disse...

nõa parece que seja isso que diz o boticário...eh!eh1

póvoa de varzim online disse...

Todos estão metidos no mesmo saco. É por isso que esta matéria não anda para a frente. Todos têm "rabos de palha".

Anónimo disse...

Mais parece a republica das bananas

Anónimo disse...

Não estavam à espera, que o Portugal dos Pequeninos, de repente se torna-se num Grande País.

Anónimo disse...

disseste 'broch..uras'?
rsrsrs
rsrs
rs