terça-feira, 21 de abril de 2009

corram com eles!



O mandato de Luís Rocha e seus comparsas à frente da Associação Comercial da Póvoa de Varzim deve ter sido dos momentos mais patéticos desta pacata cidade.

E o que é mais fantástico é verificar a forma como ele convenceu tipos que por aí se arrogam donos da verdade e, de repente, se vêm envolvidos nas mais ridículas figuras.

Ele até poderia vir com a ideia da construção da nova sede no Parque Industrial de Laúndos e convencer o da Câmara a ir lá inaugurar a instalação da primeira pedra. Nada o impede.

O que me deixa perplexo é como um tipo que está no poder autárquico há 13 anos, na época, se deixa levar numa cantiga destas.

Só encontro uma explicação: o narcisismo dele é tão evidente que nem se apercebe que o seu nome vai ficar ligado a algumas das cenas mais hilariantes do século.

Agora reparem no último editorial do “Boletim Informativo” da Associação. Parece que vão chorar. Coitados.

No lado positivo do trabalho só se encontram coisas negativas: Diminuição do pessoal, o comboio turístico que é uma trenguice, a publicação do B.I. que é uma pobreza, formação de que eles se queixam porque a Câmara faz concorrência, afastamento da empresa formadora que ainda continua lá, com outra cara, estabilização da conta corrente com a contracção de um empréstimo para liquidar o IVA que desapareceu no reinado do Fernando Barbosa e, por fim, a constituição da UAC.

No lado negativo é hilariante a referência aos infantários.

O que é que a Associação Comercial tem a ver com os infantários?

Resposta simples: o vice-Presidente que quer continuar e suceder a Luís Rocha é proprietário de um infantário.

Cambada de malandros!






4 comentários:

CÁ FICO disse...

a unica critica que faço é esse famigerado comboio que percorre as ruas da cidade a atrapalhar o trânsito..quanto ao resto penso que esta direcção até que cumpriu o seu dev er apesar das criticas que os "habituês velhos do restelo lhe faziam".. pena é que se as associações comerciais e industriais deste país não se consigam desenvencilhar definitivamente dos partidos politicos e dos "nefandos directores gerais e gestores "à-lá minuta" que se foram criando no post- 25 de Abril...no tempo das nacionalizações e no pós AD- na altura das 1ºas desnacinalizações...

Anónimo disse...

EHEHEH

Anónimo disse...

Vão mas é todos apanhar nu cu!!!!!!

póvoa de varzim online disse...

Não te zangues brazuca. A tua mediocridade é superior à tua má educação.