terça-feira, 27 de janeiro de 2009

de quem é a bomba de gasolina?


Pessoalmente já tinha o assunto como encerrado. A sua solução seria igual a muitas outras desta cidade e deste país: a justiça não funciona e as coisas acabam por ser resolvidas nos corredores do poder, seja ele central ou local.

Muito se falou por essas ruas da cidade sobre os proprietários da nova e polémica bomba de gasolina junto ao Modelo. Inclusive um deputado da Assembleia Municipal questionou o Macedo Vieira sobre a propriedade da referida e o próprio queixou-se nas rádios que “andavam a dizer que a bomba era dele”.

Não sei se é, não sei se é da esposa ou de outro político da cidade. Sei que tenho as minhas desconfianças resultantes do carácter pouco sério de políticos no poder há 16 anos.

Porém, já tinha o assunto arrumado na prateleira até que o sempre atrasado “Folha Municipal” veio lançar alguma luz sobre as minhas desconfianças.

Não é que lá vem um esclarecimento da Câmara sobre a parcela de terreno doada pelo tal Eugénio Lopes, que demandou a Câmara em Tribunal?

Mas era necessário esse esclarecimento? Julgo que não.

Agora sim, estou muito desconfiado.










3 comentários:

Manuel CD Figueiredo disse...

E ninguém acrescenta nada?
Tanta falta de comentários/opiniões talvez se deva ao facto da FOLHA OFICIAL ainda não ter chegado... Também aguardo pela minha.

Anonymous disse...

Isto é ridículo!
A explicação é ridícula!
Esta 'Câmara' é ridícula!
Ó Macedo?! Já te lebraste de dar um pouco da praia da Av. dos Banhos para uma bomba de gasolina da tua família ou de amigos teus, (tanto faz)????
É que eu moro ali perto e dava-me um jeito do caraças.... Pensa nisso home, mais bosta menos bosta, quem é que vai reparar?

Anónimo disse...

Na Av. Banhos não! já tem donos e é para BARES de apoio aos "gringos".