quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

muito fraquinhos (parte 2)


A CDU poveira teve o mesmo desfecho do CDS, ou seja, desapareceu da intervenção política na cidade.

Salvo a honrosa excepção de Paulo Machado, um moço esforçado que tem por hábito levar para a Assembleia da República problemas que afligem Macedo Vieira, dando desta forma visibilidade nacional a um autarca que não passa do regional, os outros fugiram em debandada.

Joaquim Cancela, José Maria Reina, Carlos Midões, todos são amigos de Macedo Vieira, sendo que os dois primeiros são companheiros de férias do cacique.

Tal como Boucinha, Joaquim Cancela também desapareceu em 1993, quando estabeleceu uma aliança com Macedo de forma a sufocar os eleitos do CDS.

Tantos frutos essa aliança deu que a CDU nunca mais teve um vereador eleito e como partido é pouco mais que nada na Póvoa de Varzim.

Mas estes CDU’s têm uma virtude: são esforçados e mais pobres do que os do CDS.

Por esse motivo é muito natural encontrar a CDU onde o CDS se recusa ir, isto é, em locais que sujem os sapatos.

E a CDU está preocupada com quê?

Imaginem: com a erosão costeira em Aguçadoura.

E Jorge Machado já prometeu aos poveiros, que se encontram em grandes dificuldades face à ameaça do desemprego, que vai levar este assunto onde?

Acertou leitor. À Assembleia da República.

Tal como muitos outros poveiros sinto-me optimista quanto ao futuro da cidade.








10 comentários:

Anónimo disse...

Estes são "muito fraquinhos", então eu pergunto: onde estão os bons que ninguém os vê??????

povoa de varzim online disse...

Os bons, ou menos maus, são aqueles que durante os últimos 4 anos fizeram efectiva oposição a Macedo Vieira, que lhe causaram transtornos, que o irritaram, que fizeram propostas, requerimentos, pedidos de esclarecimento, que foram notícia todas as semanas.

Até me escuso dizer quem são.

Não são estes e os anteriores com toda a certeza.

Anónimo disse...

Ainda estou para descobrir que proposta concreta a CDU fez para a Póvoa de Varzim.
Pedir à secretária na Assembleia da Republica para fazer um requerimento a questionar o governo não é trabalho. É preguiça.

Anónimo disse...

Sejamos francos:

O Sérgio Ferraz da CDU na Assembleia de Freguesia da Póvoa parece um apoiante do Daniel Bernardo.
O Jorge Machado só critica o governo PS.
Não se viu nenhuma proposta da CDU alternativa ao poder laranja na Póvoa, bem pelo contrário, o que se assiste é uma estranha aliança entre a CDU e o PSD aqui na Póvoa. (que já vem desde os tempos do Cancela)

Anónimo disse...

Ó Tony... faz-te homem de uma vez por todas... apresenta a tua candidatura pá...

Anónimo disse...

Jorge Machado não precisava ir à Aguçadoura para ver a erosão costeira, bastava abrir os olhos ver a erosão que os corruptos estão a causar ao areal da Póvoa Cidade.

povoa de varzim online disse...

O problema da Póvoa e de Portugal em geral não é o Tony ou outro qualquer cidadão candidatar-se ou não.
O problema é não haver meios legais de proibir gente como Macedo Vieira e Aires Pereira de voltarem a candidatar-se.
E essa gente deveria ser proibida de exercer cargos públicos.
Para bem da cidade e do país.

Anónimo disse...

Em relação aos comunistas da Póvoa faz-me confusão que nunca fales do Trocado da Costa e do Custódio. Também são dos que fugiram em debandada, mas nunca falas deles. Porque será?

povoa de varzim online disse...

Já falei do Trocado, que era o Tocado. Do Custódio, obviamente... ...

Anónimo disse...

Quem na Póvoa não reconhece todo o trabalho e dedicação do Custódio à cidade?
Reparem bem, apenas na particularidade de após três anos e meio após a sua morte, ... ainda é tão recordado pela Póvoa e pelos Poveiros. Para mim, a Póvoa precisa é de mais homens com OBRA FEITA como o Custódio Sá.