quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

muito fraquinhos (parte 3)

carlos lopes


Do Bloco de Esquerda da Póvoa de Varzim sabe-se que é uma coisa desgarrada, sem qualquer estrutura doutrinária, sem qualquer programa de acção, sem militantes, sem simpatizantes, sem inimigos até.

O seu (aparente) líder chega até a merecer alguma simpatia por parte de Macedo Vieira que vê nele um tipo inofensivo, quer porque não diz nada que afecte a sossegada caminhada do autarca déspota, quer porque sabe que a representatividade do grupelho é nula na cidade.

Independentemente destes aspectos, gostaria de poder escrever que o Bloco de Esquerda ao longo dos últimos 3 anos até foi uma força interventiva, participante, crítica do poder estabelecido, mas seria desonesto para com os meus leitores afirmar uma mentira desse calibre.

O Bloco de Esquerda foi zero. Como foi o CDS e a CDU, salvaguardando as inevitáveis diferenças históricas de intervenção local.

Leiam o que o seu chefe, o carismático Rocha Pereira, disse a um jornal local sobre a preparação das autárquicas:


Está tudo dito sobre a inexistente estratégia de preparação do partido.

Mas, em 2005 eles conseguiram 764 votos.

Com os votos do Bloco de Esquerda o Partido Socialista da Póvoa, cujo candidato foi o Arquitecto Garcia, obteria um quarto vereador, o que representaria o total estremecimento dos alicerces há muito tempo montados por Macedo e Aires.

O leitor sabia que por cada voto obtido os partidos políticos recebem do Estado 3,16 Euros? Leia aqui.

Pois o Bloco de Esquerda da Póvoa de Varzim recebeu 2 292 Euros, o que deixou revoltado Macedo Vieira que sempre pensou, mas não disse publicamente, que esse dinheirinho fazia falta para o seu próximo objectivo local que é “dedicar-se às pessoas”.

O que fez Rocha Pereira com esse dinheiro?

Foi para o café Torreão comer natinhas com canela e meias de leite.

Como entretanto o dinheiro acabou… …

… …aí o temos.















13 comentários:

Anónimo disse...

Bem, desde logo o facto de ser o BE aqui mencionado significa que não são assim tão insignificantes como isso, depois essa ideia de que os votos que o BE teve e se fossem para o PS... é uma análise teórica sem qualquer consistência porque quem vota no BE dificilmente votaria no PS, quando muito, e muito provavelmente, abster-se-iam (e muito bem, digo eu!, porque a canalha do PS tem muito mais de direita que de esquerda).

De facto o BE está já a assustar muito boa gente, com a actual conjuntura politica desenha-se já que o BE venha a ultrapassar largamente a CDU/PCP, a entrar nos dois digitos e a aproximar-se claramente do PSD, que vai levar em conjunto com o PS mais um grande rombo.

A postura irreverente (consentida pelo PS) de Manuel Alegre e o falado cenário de formação de um novo partido saído da base eleitoral de Alegre tem tudo a ver com o BE e com as sondagens que apontam para uma elevada votação no BE (do género do que aconteceu no passado com a FUP/Otelo e com o PRD/Eanes), ora o PS anda cheio de medo do BE porque sabe que as suas politicas de direira vão ter reflexo nas urnas e quer utilizar Alegre para impedir o crescimento do BE, nem que seja á custa de um novo partido liderado por Alegre mas controlado pelo PS (espertos estes do PS!!!!).

Os professores dos diversos niveis (sei isto de fonte limpa) estão já organizados para darem uma grande lição no PS, na sua ministra e particularmente em Socrates, e vão fazê-lo nas próximoas eleições votando em massa no BE e exercendo a sua grande influencia junto de familiares, amigos e alunos para que também o façam, depois de conhecidos os resultados eleitorão vião todos para a rua fazer a maior manifestação de professores de sempre, e fazem muito bem porque eu também acho que o PS e Socrates merecem levar uma grande chapada nas trombas para perceberem de vez que não se pode governar contra quem os sustenta eleitoralmente, e neste aspecto os professores são um exemplo.

Por isso amigo, esteja atento ao BE, porque muito se vai faler deles nos próximos tempos!

povoa de varzim online disse...

Sim, o que escreve até pode ter um fundo social de verdade. Mas eu refiro-me ao BE da Póvoa de Varzim.E esse poderá prejudicar a estratégia de tirar o PSD do poder. Isso é que é importante a nível local. Conseguir a alternância no poder, algo que se consegue a nível de eleições nacionais e até presidenciais, e que é a mais importante característica de uma moderna democracia.

Flores disse...

O Macedo Vieira deportou o Peliteiro para os Açores e não o deixa regressar.

Anónimo disse...

Eu percebo o teu drama. O PS da Póvoa é de esquerda e o PS nacional é de direita, por isso queres que o pessoal de esquerda da Póvoa vote no PS para tirar a direita do poleiro. É isto, não é?

Dou-te uma sugestão:
- primeiro, tentas transformar (por dentro) o PS nacional numa força de esquerda; não deve ser difícil agora com a crise, é preciso mudar o discurso 180 graus
- segundo, tenta explicar porque razão o PS da Póvoa (de esquerda) não conseguiu segurar o arq. Garcia (homem com ideias de esquerda, algumas bastante arrojadas e não apoiadas pela malta do PS da Póvoa), a única pessoa que poderia estabelecer uma convergência da esquerda poveira; as pessoas são eleitas para terminarem os mandatos e não para defraudarem as pessoas que em si votaram
- terceiro, é utópico dizer aos partidos que deixem de existir; propõe-lhes uma união à esquerda com o PS da Póvoa e vais ver que eles aceitam (já podias ter tentado isso com o movimento das portagens, mas cada um olha para o seu umbigo)
- quarto, tenta deixar de insultar todos os que não sejam do PS e que se revêm no PC ou no Bloco; é o primeiro passo para que eles votem no teu candidato

povoa de varzim online disse...

Com este comentário até parece que eu sou do PS, algo completamente errado.
Não sou, nunca fui nem serei.
Como também nunca fui do CDS, do PSD, da CDU ou do BE, posição que me deixa completamente à vontade para escrever sobre os partidos políticos.
Detesto a CDU da Póvoa, e mais ainda os seus elementos, odeio o CDS da Póvoa porque foi o partido que sobre o comando de Manuel vaz iniciou a destruição da cidade, detesto o PS e algumas figuras ligadas a ele localmente.
Vamos falar do poder político na cidade da Póvoa de Varzim e, a esse nível, não consigo engolir a perpetuação no poder por anos e anos.
Isto não é democracia e como acho que não é, farei tudo o que estiver ao meu alcance para destronar quem lá está.
Só neste aspecto me identifico com o Peliteiro.
Quanto ao resto não insulto ninguém e, volto a repetir, quem se sentir insultado, que coloque aqui o nome em comentário e eu retiro o que estiver escrito.

Anónimo disse...

Ó Tony pá, estou farto de ser insultado e censurado aqui por ti, sempre fui objectivo e sempre usei um discurso elevado, embora muitas vezes batendo em todas as direcções, porque não devo nada a ninguém e detesto todos os partidos (embora agora esteja com alguma simpatia pelo BE), detesto particularmente o PS porque são o cumulo da hipocrisia, e essa do JJ Garcia ser (ou ter ideias) de esquerda faz-me rir, o homem é tão de esquerda que até militou no PSD e bajulou o CDS/Manuel Vaz quando esteve na Assembleia Municipal alinhado e a aprovar as maiores aberrações que se cionstruiram na Póvoa pós 25 de Abril, se isso é ser de esquerda, então eu sou mesmo de extrema esquerda!!!!

Anónimo disse...

Até podia concordar e rir com as coisas bonitas, o mundo bom e recto que ele diz, repito, diz o faz rir. Mas como só os burros não mudam, e por isso faço condescendência às burrices e outras trapalhadas aos Macedos e Aires do PSD, não entendo o que tem de mal as mudanças de opinião de JJ Silva Garcia. Fram, são assumidas, e só ganhou a liberdade e muito a Póvoa. Ou não será verdade?
Ria, mas ria para dentro. Tem os dentes podres.

Anónimo disse...

Bem, se querem conversar sobre o PS Póvoa e a sua hipocrisia, pois vamos lá:

No PS Póvoa tanto cabe um JJ Garcia que como atrás disse bajulou Manuel Vaz, o Avelino do Monte e outros que tais, votou ao lado do CDS dos Campos Cunha todas as aberrações construidas na Póvoa, contribuiu para que o PDM e os planos de pormenor da zona norte e A-ver-o-mar fossem metidos na gaveta para que os Campos Cunha, os Avelinos, os Travessas e muitos outros tubarões da construção pudessem especular á vontade, como cabe um Carlos Ramõa, o PS mais esperto de todos os tempos, que até escolhia os vereadores que mais lhe convinha para aprovar as aberrações que desenhava, que cobrava avantajadas comissões por fazer aprovar os chamados projectos de risco, a que JJ Garcia também está vinculado, e cabe um Amadeu Meneses que para sacar algum fez fretes ao Henrique Campo Cunha e outros mais, cabe o pobre Edgar Torrão das avionetes e pára- pentes de Laundos e um Ilidio Pereira que se assenhorou do PS Póvoa á custo do investimento que fez ao reabiliar o edificio sede concelhia do PS, com dinheiro pago do seu bolso para assim dominar a seu bel prazer a secção da Póvoa e tirar dividendos politicos e sociais, para si e para seu filho e herdeiro, Renato Matos, que nunca teve necessidade de trabalhar pois beneficia de diversos tachos sem se lhe reconhecer mérito para tal a não ser o tal investimento que o senhor seu pai fez em seu tempo.

Depois anda por lá um sem numero de piões insignificantes que pouco mais sabem que colar cartazes e que portanto só servem para fazer numero,

E é isto o PS Póvoa que o Tony Vieira que ver a substituir o Macedo e o Aires, com gente desta que diferença faz estarem lá estes ou aqueles???, pensem nisso!...

povoa de varzim online disse...

Basta não serem o Aires e o Macedo. Para mim chega. E não vejo CDS ou CDU à altura.

Anónimo disse...

Deixa lá Tony, este amigo é daqueles que segue o lema:

"estes ladrões já conheço, os que podem vir, podem ser sérios, e são perigosos".

Como diria um poveiro que se preze: - Deus nos livre de gente séria! Não é corrupto, não vai em subornos, e até pode ter ideias.

Anónimo disse...

Quando não dá para mais... cada povo tem o que merece...

IN VERITAS disse...

Já dizia Júlio Cesar...
Rodeai-me de homens gordos..que os magros não são de confiança...

eh!eh!eh!

Anónimo disse...

Falta é t... a estes gajos todos se é assim e se sabem tanta m... junten-se dêm uma governação digna à Povoa .

dasssss